Caminhantes

3 de Março de 2009

Caminhada II - Fórnea

o boi!!

Querem mais fotos?!?
Mandem para bernardo.paulo@gmail.com as vossas 10 melhores (ou mais)
que eu coloco no Picasa e ficam disponíveis para todos
Sigam este link e vejam as fotos da Fórnea no Picasa

Balanço da Caminhada II:

Mesmo tendo em atenção que este é um balanço pessoal, vou tentar não ser demasiado parcial e ser o relatar o melhor possível a realidade.


Distância: 7 km
Participantes: 40 + 1 (July)
Início: 12h30
Términos: 16h30
Localização: Alcaria, Porto de Mós

O percurso escolhido revelou um grau de dificuldade superior ao esperado, mas foi superado por todos, nem que fosse ao colo de alguém... O Hugo teve de dar colo à sua companheira especial ;-))
O caminho até à Fórnea foi pacifico e tranquilo mas as primeiras dificuldade começaram quando nos deparámos com o caminho para a "Cova da Velha". Para quem não sabe, estou-me a referir a uma gruta que deu para fazer uma mini expedição para os menos receosos de aranhas e feras desse tipo...O penetrantes tiveram a sorte de frequentar uma mini aula de espeleologia do Mestre "Brigas".

A subida para a gruta começou a revelar a dificuldade do que nos esperava, mas sinceramente, acho que nem todos acreditavam que o caminho que nos esperava era subir aqueles 250 metros com uma inclinação de pelo menos 40 graus...
Verdade seja dita que não foi propriamente fácil, mas com mais ou menos dificuldade todos conseguimos subir e apreciar aquela magnífica vista sobre a Fórnea!!

Depois de estrondosa subida, aproveitamos para um reforço alimentar sentido uma agradável brisa sob um sol não demasiado quente. Belo domingo este...

Depois, foi descer pelos trilhos existentes desfrutando da fauna abundante. Apesar das dúvidas entre os participantes, a bióloga de serviço Dra. Liliana Whatever, identificou que a planta que mais abundava nos prados e que deixava um delicioso aroma no ar era o Alecrim.

Enquanto descíamos, foi possível confratenizar com outras espécies locais, em que rapidamente percebemos o bairrismo enraizado. O Boi dominante manifestou explicitamente o desagrado pelos olhares apetitosos lançados sobre os seus borregos...Não se deixem enganar pelas manchas, este boi tem cornos!!!

Decidimos continuar o nosso caminho e viemos andando pelos trilhos até que três experts nestas andanças, decidiram que seria mais interessante ir por um caminho que ninguém ainda tinha experimentado... mais um sobe e desce à procura dessas almas perdidas e lá seguimos o caminho do Senhor (seja ele quem for, mas o dono do estradão já podia fazer uns melhoramentos aos caminhos).

Finalmente chegamos aos carros de onde alguns tiveram de partir de imediato e outros foram beber umas Minis e uns Somóis. Ao domingo eu sou mais Sumol ;-)


Parabéns a todos os que participaram e espero que se tenham divertido pelo menos tanto quanto eu!!
Até à próxima,
beijos e abraços

Paulo

PS: dos fracos e inertes não reza a história...
______________________________________________________
Olá a todos novamente!!

Actualizei alguma informação no texto principal, mas é importante deixar aqui três infos:
1- No próximo domingo há a possibilidade de entrarmos numa pequena gruta na Fórnea. Quem puder leve uma lanterna ou frontal.

2 - Não se esqueçam de levar chapéu. Coloquei mais informação sobre "Cuidados a ter nas Caminhadas" na lateral do Blog.

3 - Instalem o Google Earth!!! Vale bem a pena explorar a zona por onde vamos andar. O ficheiro que vos mandei no email, é o link para este percurso mas têm de instalar antes o Google Earth.

Beijos e abraços

PS: meninas e meninos "mentalizem" essas pernas que temos uma subida interessante...

_______________________________________________


Dia 15 de Março vamos à Fórnea!!!


Percurso Pedestre da Fórnea no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros



A Fórnea é uma espécie de cratera aberta na serra, mais concretamente no Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros. A entrada para o fundo desta cratera faz-se em Alcaria, aldeia situada entre Mira D´Aire e Porto de Mós. O percurso tem início em Alcaria, concelho de Porto de Mós, e passa por Fórnea, Cova da Velha, tendo como principais pontos de interesse os fósseis e diversos elementos da fauna e flora.

Um caminho de terra com alguns quilómetros de extensão atravessa formações vegetais nativas da região, antigos olivais, até se entrar num vale que culminará no lugar da Fórnea, uma construção geológica única no país. É um magnífico anfiteatro natural com cerca de 500 metros de diâmetro e 250 metros de altura, e de onde surge, a meio da encosta, e após percurso subterrâneo, a ribeira homónima.

Este também é um dos raros locais de Portugal onde se podem observar gralhas-de-bico-vermelho (Pyrrhocorax pyrrhocorax), uma espécie ameaçada no país, que apresenta neste Parque uma das maiores populações nacionais. E ao contrário das fendas e buracos de escarpas que utiliza noutras áreas de distribuição, aqui procura os algares para nidificar e se abrigar. Com alguma sorte e atenção podem ser observadas com os seus distintos voos acrobáticos.

As coisas que eu sei, ou não!!!

Data: 15/03/2009
Distância: 8 km
Concentração: 11h no Praça-Caffe
Saída: 11h15
Participantes: todos os que tiverem juízo...
Início previsto da caminhada: 12h00
Términos: 17h30
Localização: Alcaria, Porto de Mós
Descrição: Percurso Circular iniciado na povoação de Alcaria, Porto de Mós

vamos falando!!

3 comentários:

  1. Pois é malta, foi um dia em grande estilo.
    Parabéns aos participantes e principalmente ao Paulo pela sua iniciativa.
    Quando é que é o próximo passeio ?

    Abraços da familia Damásio Pires e da "July "

    ResponderEliminar
  2. Olha olha, e o aranhiço no canto superior esquerdo, na foto da gruta?! Uuuuiiiii, que medo!!!! :))

    ResponderEliminar
  3. Andava á procura de informação sobre a Fórnea e vim parar ás vossas caminhadas ;) As fotos dão bem a ideia de como é 'estrondoso' o sítio!! No próximo fim de semana vamos nós até lá confirmar, rs
    Se não se importam vou 'manter o olho em vocês', ;))
    Boas caminhadas
    Abraço

    ResponderEliminar